7 Princípios de design de interiores para reforma da casa

Reforma de casas: Conheça os 7 princípios do design de interiores para enriquecer esteticamente e agregar valor ao seu lar na próxima reforma.

casal realizando renovação de pintura para apartamento
Originalmente publicado em Junho 2023, atualizado em Junho, 2024

Para ter sucesso na reforma da casa, a aplicação dos princípios de design de interiores é essencial. Não só enriquece a estética da sua casa, como também acrescenta valor financeiro ao imóvel. Abordemos os 7 princípios do design de interiores para você utilizar na sua próxima reforma.

1. Equilíbrio: o pilar da reforma de casas

Mesa de jantar de madeira com poltronas cinzas decorada para jantar
aplicando design de interiores para renovar a casa | Unsplash

O equilíbrio na reforma de casas significa criar um espaço visualmente harmonioso. Distribuir elementos uniformemente pode ser alcançado de diferentes formas: por meio das cores, padrões, texturas e formas. Aqui estão três maneiras de alcançar o equilíbrio no design de interiores: simétrico, assimétrico e radial.

Relacionadas

Como renovar o seu ambiente com têxteis
Neste artigo, vamos explorar cinco maneiras de transformar o ambiente da sua casa usando têxteis.
Combinação de cores: paleta de cores combinações
Entenda como definir esquema de cores análogas, complementares ou monocromáticas para sua casa

O equilíbrio simétrico refere-se à colocação simétrica de objetos em ambos os lados de um eixo central imaginário. Por outro lado, o equilíbrio assimétrico permite que objetos de tamanhos e formas diferentes sejam colocados de maneira aparentemente aleatória, mas mantendo um sentido de equilíbrio e harmonia. O equilíbrio radial, por sua vez, envolve a disposição de objetos em torno de um ponto central, muitas vezes resultando em um arranjo circular. Em todas as suas formas, o equilíbrio é fundamental para criar uma atmosfera equilibrada e acolhedora em qualquer projeto de reforma de casas.

2. Unidade: elemento chave no design de interiores

casa com equilíbrio radial e design biofílico
Casa com elementos naturais e harmonia do design biofílico | Unsplash

No design de interiores, a unidade enfatiza a consistência e a harmonia entre os elementos usados. Isso pode incluir cores, padrões e texturas semelhantes, espaçamento igual de objetos, ou a repetição de elementos para criar uma continuação visual.

Relacionadas

Como trazer a natureza para dentro de casa: Design Biofílico
Neste post, analisamos o conceito de design biofílico e oferecemos dicas para incorporar esse design em sua casa.
Design de interiores para o seu tipo de personalidade
Descubra o design de interiores baseado na sua personalidade.

Na prática, a unidade pode ser alcançada por um esquema de cores coeso ou um tema design consistente. Por exemplo, usar a mesma paleta de cores em todo o ambiente, repetir um certo padrão ou textura ajuda a unificar o espaço. Além disso, a disposição dos móveis e dos objetos de decoração também contribui para a unidade visual. Um ambiente com unidade bem aplicada parece fluir suavemente, com cada elemento complementando o outro de maneira natural. Esse princípio é fundamental na reforma de casas por proporcionar uma sensação de coesão e harmonia a todo o espaço.

3. Ritmo: a marca do bom gosto

Casa renovada com paleta de cores composta por tons de azul, e branco.
Casa renovada com paleta de cores composta por tons de azul, e branco | Unsplash

Criar ritmo por meio da repetição e do contraste no interior é uma excelente maneira de adicionar interesse visual à sala. É possível usar a mesma cor ou padrão em intervalos diferentes, alternar dois elementos em um padrão ABABAB ou ABBABB, organizar elementos em ordem crescente ou decrescente com base em seu tamanho, cor ou outras características.

Relacionadas

Cores para Sala: Melhores Tintas para Decoração de Casa | Planner 5D
Entenda como escolher a cor da sua sala. Mergulhe nas melhores tonalidades de tintas que complementam a decoração de casa, desde tons neutros a afirmações ousadas.
Decoração para sala de apartamento pequeno | Planner 5D
Descubra dicas de móveis que economizam espaço para salas de estar pequenas e elegantes! De paleta de cores a mesas de apoio, eleve o estilo sem comprometer o espaço.

O ritmo no design de interiores pode ser comparado ao ritmo na música. Assim como uma melodia repetitiva mantém uma canção cativante, um padrão visual repetitivo ou progressivo mantém a atenção dos observadores em uma sala. Por exemplo, uma série de luminárias pendentes em alturas decrescentes, almofadas com o mesmo padrão repetido ou uma paleta de cores que se torna progressivamente mais escura ao longo de um corredor, todas são maneiras de estabelecer um ritmo visual. Este princípio é vital na reforma de casas, por criar movimento visual e guia os olhos dos espectadores.

4.Ênfase: o foco da sua reforma de casa

quadro e plantas decorando o interior de casa
Quadro e plantas decorando o interior da casa | Unsplash

Este princípio enfatiza que cada cômodo precisa de um elemento central como ponto focal, e os outros itens devem complementar a ênfase de forma que o foco esteja sempre nele. A ênfase pode ser uma grande peça de mobiliário como um piano de cauda, ​​uma peça de arte como uma pintura ou um recurso de design como uma parede de destaque. Também pode ser na forma de cor, padrão ou textura.

Relacionadas

Parede de destaque: melhores ideias
Nossos designers escolheram a dedo as melhores ideias de parede de destaque para diferentes estilos e preferências de interiores.

A ênfase pode variar, dependendo do espaço e do estilo pessoal do proprietário. Pode ser um colorido vibrante em uma sala neutra, uma parede com textura distinta ou uma lareira impressionante no centro da sala. O elemento de ênfase serve como o coração visual do espaço, atraindo o olhar e dando personalidade e profundidade ao design. É fundamental definir este ponto focal na reforma de casas por orientar a distribuição e a interação dos demais elementos no ambiente.

5. Contraste: a energia da sua reforma

almofadas de tons de verde e laranja decorando sofá cinza
Crie combinações para o seu espaço interno | Unsplash

Contraste no design de interiores é criar combinações de formas muito diferentes. Isso pode ser feito por meio de cores, formas ou espaço. A maneira mais fácil de obter contraste é por meio das cores, colocando formas diferentes juntas ou usando espaço positivo e espaço negativo.

Relacionadas

Combinação de cores: paleta de cores combinações
Entenda como definir esquema de cores análogas, complementares ou monocromáticas para sua casa

O contraste, quando utilizado corretamente, adiciona energia e dinamismo a um espaço. Imagine um quarto com paredes brancas onde uma única parede é pintada de preto profundo. Esse contraste de cores não só atrai a atenção, mas também adiciona profundidade e interesse visual ao ambiente. Da mesma forma, um grande sofá de couro em uma sala com móveis delicados de madeira cria um contraste de texturas que é visualmente atraente. O uso de espaço positivo (espaço ocupado com objetos) e espaço negativo (espaço vazio entre objetos) é uma excelente maneira de criar contraste sem sobrecarregar o ambiente.

6. Escala e proporção: os detalhes que fazem a diferença

Sala de jantar com mesa redonda e conceito aberto
Confira se os objetos de sua sala possuem a mesma proporção de tamanho | Unsplash

A escala e proporção têm tudo a ver com o tamanho e a dimensão dos objetos em uma sala. Os objetos devem estar em uma proporção que não pareça deslocada.

Relacionadas

Decoração escandinava: o que é, como surgiu e como implementar este estilo na sua casa
Descubra o encanto da decoração escandinava! Aprenda a criar ambientes minimalistas, acolhedores e cheios de estilo com o nosso guia passo a passo.

Por exemplo, um lustre grande e extravagante pode parecer desproporcional em um espaço pequeno e acanhado, enquanto móveis muito pequenos podem parecer perdidos em uma sala grande e espaçosa. Ao levar em consideração a escala e proporção, você pode garantir que cada peça de mobiliário, arte e decoração se encaixe perfeitamente em sua casa. Uma boa proporção e escala não apenas melhoram a estética, mas também a funcionalidade e o conforto de um espaço.

7. Detalhes: a alma do design de interiores

mesa com decorada com livros e tons de rosa na xícara e no pote
Detalhes decorativos | Unsplash

No design de interiores, detalhes não devem ser negligenciados. De bordados nas almofadas a puxadores nos armários, cada pequena coisa acrescenta algo ao design geral do interior. Ajustar os mínimos detalhes é o que distingue um bom design de um ótimo.

Relacionadas

Guia para escolher almofadas
Escolher almofadas em tecidos e cores vibrantes pode dar ao seu espaço uma sensação totalmente diferente.

Os detalhes são o que dá personalidade a uma casa, transformando um espaço comum em um ambiente único e expressivo. Eles podem ser tão simples quanto uma moldura de foto escolhida com carinho, um vaso de flores frescas na mesa de centro ou um tapete com um padrão que traz vida à sala. Detalhes como acabamentos de qualidade, acessórios bem escolhidos e iluminação adequada podem mudar drasticamente a atmosfera de uma sala. Eles são a cereja do bolo na reforma de casas, proporcionando o toque final que eleva o design de interiores de agradável para verdadeiramente memorável.

Conclusão

A aplicação dos princípios de design de interiores na reforma de casas pode transformar qualquer espaço em um ambiente acolhedor e esteticamente agradável. Próximo passo? Começar a projetar no Planner 5D aplicando esses princípios no seu projeto e ver a mágica acontecer.

FAQ

Qual o valor de uma reforma de casa?

O valor de uma reforma de casa pode variar amplamente dependendo da extensão do trabalho, materiais utilizados e localização. Em média, pode custar entre R$ 10.000 a R$ 50.000, mas reformas mais extensas podem ultrapassar esses valores. Obter orçamentos detalhados de profissionais é essencial.

O que fazer primeiro na reforma da casa?

O primeiro passo na reforma da casa é o planejamento. Isso inclui definir um orçamento, escopo do projeto e contratar profissionais qualificados. Além disso, é importante verificar as licenças necessárias e criar um cronograma detalhado para garantir que todas as etapas sejam executadas corretamente.

O que é preciso para iniciar uma reforma de casa?

Para iniciar uma reforma de casa, você precisará de um planejamento detalhado, um orçamento definido, licenças necessárias, e a contratação de profissionais como arquitetos, engenheiros e construtores. Também é essencial ter um cronograma e escolher os materiais adequados para cada etapa da reforma.

Qual cômodo reformar primeiro?

O cômodo a ser reformado primeiro geralmente é a cozinha ou o banheiro, pois são áreas de alto uso e sua renovação pode aumentar significativamente o valor e a funcionalidade da casa. Essas reformas também podem ser mais complexas, exigindo mais tempo e planejamento detalhado.

Relacionadas

Por que reformar a casa e como reformar de forma eficiente e segura
Por que e como realizar a reforma da casa de modo eficiente e seguro.
Sign up for more like this.